quinta-feira, agosto 23, 2007

Magnífico!




Suave é a bela como se música e madeira,
ágata, telas, trigo, pêssegos transparentes,
foram erigidas as fugitivas estátuas.
Fazia a onda dirige-se sua contraria frescura.
O mar molha pés polidos e marcados
a forma recém trabalhada na areia
e é agora seu fogo feminino de rosa
num só borbulho que o sol e o mar combatem.
Ai, que nada te toque se não o sal do frio!
Que nem o amor destrói a primavera intacta.
Formosa, reverberante de indelével espuma,
deixa que teus quadris imponham na água
uma medida nova de cisne e de nenúfar
e navega tua estátua pelo cristal eterno.

Um comentário:

grilo disse...

Diogo Rocha Braga em momentos
"Magníficos"
Passar,descrever os momentos com vc menina...
E bom demais,em qualquer data o nosso amor é bom demais.
Sentir a primavera junto a ti,o su doce perfume,o aroma das flores do campo...
Enfeita a nossa história,por sinal,muito bela!
Acreditar,viver os instantes,segundos, destes nossos mágicos momentos me cativa a cada dia viver do seu lado.
Portanto para ser magnífico vamos juntos encenar esses momentos desse espetáculo do amor cada dia mais apaixonados.

Autor:Grilo