quarta-feira, agosto 13, 2008

Reflexão

Confiança

Penso que mereço no mínimo um pouco de confiança. Fico bravo quando não sinto a recíproca. É complicado. Eu que pensei que a tinha como nunca e sei que não tenho.
Talvez não seja timidez, mas tenho certeza que não é falta de coragem, mesmo porque é uma coisa natural e normal, e te provei isso. Bem que foi de uma forma excêntrica e inusitada, mas pude te provar que deposito em você o tipo de segurança e intimidade que não se demonstra a qualquer um.
Talvez você não tenha entendido a brincadeira, mas a questão não era fazer ou não fazer, ter coragem ou não ter coragem. A questão era bem clara. Confiar ou não.
Como sempre ganhei de você. Espero ter mais sorte no jogo de palavras...

Obs. Fazendo esse texto lembrei de uma frase dita por uma amiga minha a uns dois anos atrás. “Confiar é muito mais que mostrar os peitos”.

Nenhum comentário: