quinta-feira, setembro 04, 2008

Dor na consciência

A gente se diverte, mas a gente se fode...
Troquei a ordem da frase porque nem sempre a risada acaba no fim da piada. As vezes a historia se prolonga. No caso de Digo temos que concordar que prolongou mesmo.
Quinta feira de luta, chego na faculdade e ouço várias pessoas contando a mesma história. “Rpz, ontem Diogo isso, ontem Diogo aquilo”, todos sempre rindo.
Follador me contou que durante a aula de ética um cidadão lá da sala de sexualidade duvidosa chegou em Diogo para fazer uma pergunta e que Diogo se esquivou do cara na cara dura, em uma cena engraçada o cara foi falando e ele andando para trás e na hora que o cara foi tocar nele ele deu um pinote. Tipo: o cara falava e pegava nele e ele andava pra trás. Porra Diogão que mole!!!!
Tudo bem, concordo que a cena deve ter sido engraçada, mas tipo, pode ter constrangido o cara.
Depois fiquei pensando que isso pode ser reflexo das brincadeiras que a gente faz com ele dentro da sala... Dizendo que tem um viado afim dele e tal. Sei lá. Segunda falo com Diogo. Nessa aula de ética ele foi pouco ético...aushaushauhsuahsuahsausuah
Bjs e qjs

2 comentários:

grilo disse...

E verdade meu caro!
Mas, naquela hora da aula eu vi aquele cara andando com um jeito engraçado pra cima de mim,e vocês bricando comigo, fiquei sem ação,não estou acostumado a me deparar com esse tipo de situação porém, isso não significa que eu descrimino alguèm.E por via das sei que Vc e meu amigo! Naquele momento pode ter cido,como vc disse,de descontração,de eu está acostumado de brincar com a galera lá da sala e de eu ter ficado sem saber oq fazer na hora
mas, se errei,agindo daquela forma, digo ainda há tempo para concertar pois,as experiências do cotidiano podem ensinar,ninguém e perfeito.

... disse...

falou e disse!