quinta-feira, junho 03, 2010

Por ninguém


"Você precisa dela, mas ela não está mais do seu lado".


Pensando na vida como uma estrada longa e sinuosa, comecei a refleti sobre as pessoas que passaram por mim neste longo caminho. A vida ainda não acabou, mas muita gente que passou se perdeu em algum ponto dessa estrada. Estariam então estas pessoas que se perderam pelo caminho ausentes?
A reflexão se estendeu e comecei a ter lembranças da minha infância, da minha adolescência. Amizades que não se perpetuaram, professores que foram mestres apenas por um ano, parentes que morreram. Então pensei: Se essas pessoas, mesmo não estando mais presentes em matéria na minha vida continuam presentes na minha memória e no meu coração, o que seria a ausência então? Se todas as pessoas que passam por nós, sempre de uma forma ou de outra acabam deixando pedaços de si em nossa estrada e se perpetuam no rumo que damos a nossa vida o que seria a ausência? Pensando mais um pouco cheguei a conclusão obvia de que a ausência não se caracteriza pela perda ou pela falta que aquela pessoa que passou pelas nossas vidas faz. O nome disso é saudade. A ausência esta presente nas pessoas que deixamos de conhecer e de encontrar na nossa estrada. A ausência esta nas coisas que deixamos de aprender. Esta nas ações atitudes que deixamos de ter. A ausência está presente na vitória que não temos por não termos acreditado nos nossos sonhos. Se estamos aqui hoje, aprendendo e vivendo um sonho é porque não deixamos que a ausência se fizesse presente nas nossas vidas.



O importante é viver!

Um comentário:

SaPaToS De LaTa disse...

Enquanto lia pensava na palavra saudade, mas vc a citou. Muito interessante!!!